LightBlog

Meu nome é Patrícia e tenho 18 anos. Meu corpo está completo, baixinha com 1,59 de altura. O que mata os homens é que sou magrinha, mas ten...

Puta já nasce feita.


Meu nome é Patrícia e tenho 18 anos. Meu corpo está completo, baixinha com 1,59 de altura. O que mata os homens é que sou magrinha, mas tenho uma bunda fora do comum. Meu quadril é bem grande, tenho umas coxas bem grossas e os seios grandes. Minha mãe vive dizendo:

- Essa menina tá ficando uma puta completa, tudo dela é grande!

Não gosto dessas meninas que ficam mentindo só pra dar mais prazer aos homens que leem estas histórias na net. Eu digo: sou feinha de rosto!

Além de tudo. Eu sou super safada, só saio na rua pra arretar os homens. Visto uma bermudinha bem apertadinha, expondo meu rabão e uso um top que deixa meus seios balançando e qualquer homem de pau duro!

Outro dia, fui convidada pela minha mãe pra ir em um churrasco na casa de uma amiga dela, minha mãe tem 39 anos e está divorciada do meu pai. Quando soube que ia ter piscina fui logo tratando de procurar meu biquíni de lacinho.

Aprontei-me todinha e depois botei uma bermudinha bem apertadinha com uma blusa bem curta pra ir. Chegando lá vi um monte de gato na piscina. Os amigos da amiga de minha mãe têm entre 23 e 35 anos e na maioria só gato! Cheguei com minha mãe e fui apresentada para alguns, mas nem dei confiança. Falaram que eu podia ficar à vontade enquanto estavam preparando o churrasco

Então vi onde os caras estavam sentados e fiz só de sacanagem: fiquei de costas para eles para tirar minha roupa e entrar na piscina. Me abaixei para tirar a bermudinha e ainda arrebitei bem a bunda. Vi os caras irem à loucura e quando tirei a blusa, ajeitei um pouco o biquíni, os caras ficaram de pau duro na hora.

Pulei na piscina e fiquei nadando, de repente todos estavam na piscina. Começaram a conversar em roda, a piscina era muito pequena eu estava num canto só mergulhando e a roda deles estava perto de mim. Estavam só sacando eles me tarando. Depois dois deles saíram para comer e minha mãe me chamou na borda da piscina disse que ficaria mais um pouco.

Nesse momento dei por conta que estavam só eu e o Fernando na Piscina. Fiquei encostada da borda como se estivesse só pensando e ele chegou com um papo bobo dizendo algumas besteiras e depois perguntou se eu tinha namorado. Eu falei que não e ele disse assim:

- Como é que pode uma garota tão gostosa como você ficar sem namorado?

E depois ele perguntou se eu ficaria com ele, eu respondi que sim e nós nos beijamos. Depois de um tempo nos agarrando ele me convidou para ir até um lugar mais calmo lá atrás.... Eu estava só sacando qual era a dele. Chegando lá ele me levou para o quarto da empregada da casa, mas como era domingo ela não estava. Começou me dando uns beijos e depois falou:

- Ia ser ótimo se você fosse como sua mãe! - E eu perguntei :

- Como assim?!

Então ele me contou que minha mãe fodia com todos os caras que estavam presentes naquela churrascada e que aguentava a pica de todos eles no cu. Meus seios começaram a ficar durinhos. Ele foi me beijando e eu peguei a mão dele e coloquei na minha bunda.

Quando ele percebeu o que eu realmente estava querendo foi descendo, beijando meu pescoço e tirando um lado do meu biquíni com os dentes. Quando ele viu as polpas da minha bunda saltarem, redondinhas e durinha, ele deu uma lambida tão gostosa que eu viajei, depois lambeu o outro lado e disse assim:

- Oh Patrícia, você tem uma bunda muito gostosa e a gente não vai ter muito tempo, me deixa comer teu cu logo?

Eu falei que sim e ele foi pegar alguma coisa não vi o que era. Enquanto isso tirei todo o biquíni e fiquei de quatro esperando. Então ele chegou com o pau na mão e um produto oleoso que passou no meu cu e um pouco na cabeça da sua pica dura.


Quando meteu a cabeça da pica no meu eu dei um gritinho, tinha doído um pouco e pensei que ele fosse me rasgar. Mas, mesmo eu gritando, ele não tirou o seu pau e depois de uns 30 segundos a dor diminuiu e ele foi enterrando o resto. Eu comecei a rebolar enquanto ele delirava.

Já tinha entrado tudo e eu senti sua pélvis encostar na minha bunda! Ele começou a foder meu cu colocando para dentro e para fora enquanto apertava meus seios com as mãos e depois massageando no meu grelo. Ele disse que ia gozar e eu falei para ele:

- Rápido, goza nos meus peitos! Nos peitos!!

Ele tirou o pau do meu cu e eu me sentei. Fiz uma espanhola para ele que esporrou com força. Nos limpamos e saímos de lá. Minha mãe estava vindo do outro quarto da casa com outros dois caras. Ela também já estava fudendo. Fui pra casa e de vez em quando o Fernando liga para me comer de novo.

0 comentários: